segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Este ano de 2014 foi um os piores para o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva(PRTB). Antes dos inúmeros fatores políticos negativos, o gestor foi vítima de uma doença e acabou não estando presente com a mesma atenção em inúmeras decisões  partidárias. Até o filho do prefeito que disputaria a eleição de outubro para deputado estadual, acabou desistindo da pretensão ainda na pré-campanha alegando problemas de saúde.
BRIGA NO PRTB
No comando do PRTB, Soliney Filho colecionou inimigos. Tão logo assumira a legenda no Maranhão arrumou uma confusão com o Deputado Estadual Carlos Filho – ex-gerno de Roseana Sarney. A briga entre os correligionários foi fruto de desentendimentos internos no partido. Soliney rifou a candidatura de Carlos Filho ainda na Convenção, Carlos Filho teve que procurar a ex-sogra para resolver a situação.
Prática do crime de roubo
Ainda no primeiro semestre deste ano, o Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJ-MA), conforme decisão unânime da 1ª Câmara Criminal, recebeu denúncia do Ministério Público do Estado (MP) contra o gestor municipal. O prefeito Soliney Silva é acusado de ação criminal pelo crime de roubo.
Segundo o MP, Soliney na época em que ainda não era prefeito capitaneava um protesto contra a Prefeitura Municipal. Quando o movimento chegou à barreira policial, o denunciado mandou os policias abrirem espaço para a manifestação. Como o comandante do efetivo da PM, sargento José Pereira da Silva, não o atendeu. Soliney Silva afrontou o militar, desacatando-o.
Ao perceber que estava sendo filmado, Soliney Silva dirigiu-se até Antonia Maria de Medeiros Silva arrancou de suas mãos a câmera filmadora, puxou com violência a máquina fotográfica que estava à tiracolo, causando-lhe uma lesão no pescoço. Em seguida, ele subtraiu os referidos equipamentos, caracterizando prática do crime de roubo previsto no artigo 157, do Código Penal.
FANÁTICO PELA OLIGARQUIA
Considerado um dos principais apoiadores da candidatura derrota de Edinho Filho (PMDB) na disputa pelo governo do estado, Soliney Silva (PRTB) atuou em favor do peemedebista em toda a região Leste do Estado. Chegou até cobrar engajamento dos aliados, lembrava que a vitória [que não veio] não iria ser de apenas um ou dois, mas sim do grupo político.
soliney
Durante a campanha de 2014, Soliney disponibilizou 50 veículos para fazer divulgação para Edinho Lobão.
“Eu acredito que o Lobão Filho será vencedor e assim como tudo na vida, na política temos que ter lado, todos sabem qual é meu posicionamento, sempre fui fiel ao meu grupo”, Dizia Soliney Silva durante o período eleitoral deste ano.
Soliney, tão fanático pela oligarquia sarney, chegou tirar recurso do próprio bolso para montar estrutura de sonorização para fortalecer a candidatura Lobinho na Região. Disponibilizou 50 veículos para fazer divulgação da campanha de Edinho. Deu com os burros n’água!
Quando abriram as urnas coelho-netenses, apareceu Flávio Dino(PCdoB) com 12.283 votos(59,97%), e o candidato do Prefeito, Edinho Lobão(PMDB) 8.111 votos (39,60%). Soliney então comprovou, que pelo resultado da eleição, seu poder político diminuiu na Cidade.
Abatido por conta de sucessivos problemas pessoais e derrotas no campo político, como por exemplo, a recente derrota na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Coelho Neto (REVEJA AQUI), Soliney caminha para eleição de 2016 mais enfraquecido que nunca.
E anotem, pelo andar da carruagem, irá contabilizar mais uma derrota, desta vez, da sua sucessão…

Nenhum comentário:

Postar um comentário