domingo, 4 de janeiro de 2015

Oposição sarneyzista esperneia com a criação da Secretária de transparência.

A criação da Secretaria Estadual de Transparência e Controle tem tirado o sono da oposição ao governo Flávio Dino (PCdoB).
Nas rádios, jornais, blogs e redes sociais, porta-vozes do grupo Sarney esperneiam por causa da nova pasta, que é responsável pelo controle interno da administração, acompanhando os contratos, apurando denúncias e fiscalizando a correta aplicação das verbas públicas.
Até a deputada estadual eleita, Andréa Murad (PMDB), assombrada pelos fantasmas do pai Ricardo Murad, se posicionou contra a secretaria, criada sem nenhum novo cargo comissionado, apenas com remanejamento de cargos já existentes.
Coordenada pelo advogado Rodrigo Lago, a equipe da Transparência e Controle já está envolvida com a auditoria nos pagamentos feitos à Constran, investigados na Operação Lava Jato, e analisado as contas do governo Roseana Sarney (PMDB) em áreas críticas como a saúde, infraestrutura e meio ambiente.
Talvez seja esta a razão para o comportamento dos oposicionistas em relação à secretaria, que já existe em vários outros estados do país e foi bem recebida em todos os setores da sociedade maranhense.Ricardo-Murad-e-a-filha-Andrea-e1406064816855

Nenhum comentário:

Postar um comentário