terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Sinal de naufrágio: Luis Fernando deixa o PMDB.

Depois de romper com o grupo da governadora Roseana Sarney, o ex-prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva, deixa oficialmente os quadros do PMDB. A decisão foi anunciada na tarde desta terça-feira (20) pelo secretário estadual do partido, Remi Ribeiro, em mensagem nas redes sociais.
Na semana passada, Luís Fernando Silva reuniu-se com Flávio Dino (PCdoB), sinalizando para a possibilidade de ingressar no grupo político do governador. A mudança tem por alvo a disputa eleitoral em Ribamar e contraria interesses da família Cutrim, que cogita lançar outro nome à sucessão do “playboy” Gil Cutrim.
Além do PSB, o “Picolé de Chuchu” considera convites do PV e PSDB. Ele, no entanto, não deve ter um retorno tranquilo à vida política. A partir da próxima semana, os adversários prometem dar seguimento às denúncias de corrupção, desvio de dinheiro público e improbidade administrativa, relacionadas à passagem de Luis Fernando pela prefeitura da cidade balneária.
O ex-secretário de Infraestrutura de Roseana Sarney também poderá ser intimado pelo Ministério Público a prestar esclarecimentos sobre o sumiço de R$ 2 bilhões em recursos do BNDES, que evaporaram dos cofres públicos na época em que ele distribuía convênios a aliados e assinava ordens de serviços no interior, buscando viabilizar-se como candidato da oligarquia.
roseana e luis fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário