terça-feira, 15 de março de 2016

Prefeito de Miranda do Norte contrata show mais caro do Brasil


Quanta contradição! Local do show de R$ 700 mil está tomado por buracos em Miranda do Norte
Quanta contradição! Local do show de R$ 700 mil está tomado por buracos em Miranda do Norte
O município de Miranda do Norte celebra seus 28 anos nesta terça-feira (15). Se a população trabalhadora da cidade do Norte maranhense está de parabéns, o mesmo não se pode dizer da gestão do prefeito Júnior Lourenço.
Com a cidade esburacada, escolas em péssimas condições e reclamação da crise que abate as prefeituras, o prefeito preferiu investir no aniversário da cidade na contratação do show mais caro do Brasil – um tal de Wesley Safadão – do que dar de presente aos munícipes, melhores condições de vida. O próprio local onde será realizado o show, tomado por buracos é lama, é prova da contradição posta em várias gestões municipais no Maranhão.
juniorlourenco
Júnior Lourenço: alto investimento em Cultura inútil e cidade acabada
Levantamento do Jornal O Dia, do Rio de Janeiro, demonstrou que na virada de 2015 para 2016, o forrozeiro desbancou uma dupla sertaneja – Jorge e Mateus – e se tornou o show mais caro do Brasil, com cachê em média de R$ 700 mil. Ele já havia ultrapassado Ivete Sangalo, quando a baiana baixou o valor do cachê com a crise econômica.
O prefeito de Miranda do Norte já é enrolado pela gorda verba que recebeu de Fundo a Fundo do então secretário de Saúde, Ricardo Murad. O Ministério Público apontou uma série de irregularidades da aplicação dos recursos e entrou com Ação para que sejam devolvidos R$ 7,65 milhões.
A rotineira farra de prefeituras com shows caríssimos tem que entrar na pauta de discussão da própria Assembleia Legislativa. É preciso discutir mecanismos que limitem e estabeleçam regras dos gastos com “cultura” das prefeituras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário