quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Secretário diz que Mariana Costa “foi surpreendida enquanto dormia”

O caso sobre a morte da publicitária Mariana Costa, sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, tem tido muita repercussão por causa dos requintes de crueldade cometidos pelo seu cunhado e assassino confesso Lucas Porto.
Em entrevista coletiva hoje (23) para falar sobre a conclusão do laudo, o secretário Jefferson Portela (Segurança) disse que Mariana foi surpreendida por Lucas enquanto dormia. “A vítima foi surpreendida enquanto dormia”, disse.
Portela falou ainda que o crime foi extremamente violento. “Foi um crime cometido com extrema violência e crueldade contra uma mulher sem chances de defesa. Ele podia ter ido embora quando ela estava apenas desmaiada, mas ele a sufocou usando um travesseiro, decidindo finalizar a vida dela”, disse o secretário.
Lucas Porto vai responder por três crimes: estupro, homicídio e feminicídio. Ele pode ser condenado a 60 anos de prisão.
DEFESA
O advogado Jonilton Lemos, responsável pela defesa do empresário Lucas Porto, disse que não teve acesso ao laudo e aguarda o envio do inquérito pela Justiça.
“Eu não tive acesso ao laudo divulgado, mas a defesa deixa claro que vai conseguir demonstrar o que realmente aconteceu naquele dia. O inquérito vai ser enviado à Justiça e, lá, vamos conseguir desenvolver nossas teses de defesa”, disse.Mariana Costa, sobinha-neta de Sarney

Nenhum comentário:

Postar um comentário