quinta-feira, 23 de março de 2017

AS TENTATIVAS DE ELIZIANE EM RECUPERAR SEU ELEITORADO

As tentativas da deputada federal e ex aspirante à prefeita de São Luís, Eliziane Gama (PPS-MA) em recuperar o eleitorado perdido de forma desastrosa nas eleições municipais da capital maranhense em 2016 estão nítidas.
Contudo, é algo que praticamente já é tarde demais. Desde que sofreu uma derrota vergonhosa ano passado com uma campanha que só a fazia decair em intenções de votos, a parlamentar tenta se policiar quanto à aprovação popular.
Um dos grandes fatores contra Eliziane foi ter votado à favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Maranhense, Gama atirou no próprio pé ao ir de encontro a um estado que deu inúmeros votos á petistas. O ludovicense, claro, anotou isso mentalmente e descontou nas urnas.
Agora tudo que for de interesse ao maranhense e que não irá causar polêmicas, Eliziane tenta se destacar. A última foi votar contra a terceirização e o trabalho temporário (PL 4302/98), e se dizer temerosa quanto à precarização das relações de trabalho.
A proposta foi aprovada na noite desta quarta-feira (22) pelo plenário da Câmara, com voto contrário da parlamentar maranhense. O projeto também regulamenta aspectos do trabalho temporário, aumentando de três para nove meses o tempo máximo de sua duração.
“Causa-nos muita preocupação o fato desta matéria representar risco para o emprego formal. A partir deste projeto, não há nenhuma garantia de estabilidade do emprego. E todos sabem que o valor dos salários cairá substancialmente, já que as terceirizadas pagam a seus funcionários uma remuneração bem menor do que os valores que recebem dos seus contratantes”, disse a deputada maranhense.
Mas, de boas intenções o inferno está cheio. Embora louvável e finalmente tenha acertado com a população, sua vontade mesmo é de, com isto, retomar o eleitorado que ela perdeu pra tentar a vaga ao Senado Federal em 2018.
Eliziane foi engolida pelo talento dos demais concorrentes e também pelos atropelos cometidos. De tantas decisões tomadas metendo os pés pelas mãos e contradições, até hoje inexplicáveis, a imagem de quem um dia teve grande potencial político se perdeu completamente, há muito tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário