segunda-feira, 17 de julho de 2017

'Chocada, arrasada', diz mãe de Isabella Nardoni sobre madrasta da menina ir para semiaberto

“Estou chocada, arrasada”, lamentou ao G1 Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, sobre a decisão da Justiça de autorizar a madrasta da sua filha a deixar o regime de prisão fechado e ir para o regime semiaberto.
Anna Carolina Jatobá está presa em Tremembé, interior de São Paulo, condenada a 26 anos e 8 meses de prisão pelo assassinato da enteada em maio de 2008 na capital paulista. O pai da menina, Alexandre Nardoni, marido de Jatobá e ex-marido de Oliveira, também está preso, condenado pelo crime a 30 anos, 2 meses e 20 dias de prisão. Os dois sempre negaram o crime, alegando que um invasor entrou no prédio e matou Isabella.
Com a progressão de regime concedida nesta segunda-feira (17), Jatobá poderá deixar a prisão na saída temporária do Dia dos Pais, em agosto.
Procurada pelo G1, Oliveira criticou a decisão judicial. “Ninguém merece né?”, comentou a mãe de Isabella nesta tarde. “Tinha esperança que isso não acontecesse dado o absurdo, a fatalidade a atrocidade que ela [Jatobá] cometeu”.
Com a decisão, Jatobá vai cumprir a pena no semiaberto e terá direito de deixar a penitenciária cinco vezes ao ano para as saídas temporárias. Além disso, no regime mais brando, ela poderá deixar a prisão diariamente para trabalhar, desde que retorne todas as noites para dormir no local.
“Só tenho a dizer que é um absurdo. Que ninguém que comete um crime como esse pode ficar tão pouco tempo reclusa”, continuou Oliveira. “É isso que tenho pra falar. Que me sinto penalizada. Que é um absurdo”.
Justiça autoriza Anna Carolina Jatobá a passar para o regime semiaberto
Justiça autoriza Anna Carolina Jatobá a passar para o regime semiaberto 
 Ana Carolina Oliveira e a filha Isabella Nardoni; ao lado, Anna Carolina Jatobá, presa e condenada por assassinar a enteada em 2008 (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal/TV Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário